Send your Call or Congress to fasticongressuum@gmail.com

IV Congresso Internacional sobre Arqueologia de Transição: Salvaguarda Arqueológica - 02-03/05/2019,



FECHA /DATE/DATA: 02-03/05/2019


LUGAR/LOCATION/LUOGO: Colégio Espirito Santo, Universidade de Évora (Évora, Portugal)


ORGANIZADOR/ORGANIZER/ORGANIZZATORE: Leonor Rocha (CEAACP/ Universidade de Évora) ; Jorge de Oliveira (CHAIA/ Universidade de Évora) ; Gertrudes Branco (CHAIA/ DRCC) ; Ivo Santos (CIDHEUS/ Universidade de Évora) ; Daniela Anselmo (Museu Megalitismo Mora/ Universidade de Évora) ; André Carneiro (CHAIA/ Universidade de Évora) ; Rosário Fernandes (CHAIA/ Universidade de Évora) ; Paula Morgado (CHAIA/ C. M. Monforte)


INFO: PDF - congresso.ciat@gmail.com


INSCRIPCIÓN/REGISTRATION/REGISTRAZIONE:


Comunicantes (comunicação ou poster) – máximo de 3 comunicações porautor - 40 eurosAssistentes: Profissionais/ investigadores - 20 euros

Assistentes: Estudantes exteriores à UÉ - 10 euros desde que apresentem comprovativo matrícula 2018/2019

Assistentes: Estudantes da UÉ – isentos desde que apresentem comprovativomatrícula 2018/2019

PROGRAMA/PROGRAM/PROGRAMMA:

DIA 2 MAIO

Auditório do Colégio do Espírito Santo (Universidade Évora)


9:00 – 9:30

Receção e entrega da documentação

9:30 – 10:00

Sessão de Abertura


Conferências


10:00 – 10:30

Concordâncias e discordâncias transitivas: o decreto 21 117, de Abril de 1932), e o património arqueológico em Portugal

Ana Cristina Martins

10:30 – 11:00

Salvaguarda Patrimonial (Lisboa): para uma abordagem ao desordenamento urbano

Alexandre Sarrazola

11:00 – 11:20

Pausa para café


Comunicações – SESSÃO I


11:20 – 11:40

Arqueologia Pública e a gestão do património arqueológico no contexto da construção de uma barragem: O caso da construção da barragem de Belo Monte (Brasil)

Maria Clara Costa

11:40 – 12:00

A gestão do património arqueológico em Mértola. A experiência associativa

Susana Gómez Martinez, Virgílio Lopes,

Mª de Fátima Palma, Lígia Rafael & Cláudio Torres

12:00 – 12:20

Melhor conhecer para melhor proteger: a inovação do projeto ARQUEOSIA

Filipa Neto & Catarina Costeira

12:20 – 12:40

Estratégias para a gestão da salvaguarda arqueológica: as cartas de risco do património arqueológico dos Açores

José Luís Neto, Carlos Luís Cruz & Pedro Parreira

12:40 – 13:00

O Risco das Políticas de Risco em Património Cultural - Proposta STORM para uma nova abordagem

Filipa Neto, Sofia Pereira & Isabel Inácio

13:00 – 13:30

Debate

13:30 – 14:30

Almoço


Conferências


14:30 – 15:00

A gestão do espólio humano no contexto arqueológico: mitos e realidades?

Cidália Duarte

15:00 – 15:30

Gestão e Salvaguarda do Património Arqueológico em espaços da Universidade de Évora

Leonor Rocha, Jorge de Oliveira,

André Carneiro & Carmen Balesteros


Comunicações – SESSÕES II e III


15:30 – 15:50

O projecto World of Wine: novos dados para o conhecimento da ocupação Pré e Proto-histórica em Vila Nova de Gaia

Filipe Soares Pinto & Edite Martins de Sá

15:50 – 16:10

A Ecclesia Sanctae Marinae de Cortegaza (Cortegaça, Ovar) – um contributo da Arqueologia de Salvaguarda

Gabriel Pereira, Mauro Correia & Gustavo Santos

16:10 – 16:30

E quando as fábricas fecham? Reflexões sobre a salvaguarda do património arqueológico-industrial na cidade de Portalegre

Susana Pacheco

16:30 – 16:40

Apresentação Posters

16:40 – 16:50

Pausa para café


Comunicações


16:50 – 17:10

A geofísica e salvaguarda do património arqueológico em meio rural: vantagens, como e quando utilizar

António Valera & Tiago do Pereiro

17:10 – 17:30

A Salvaguarda do Património Arqueológico na nova paisagem alentejana

Samuel Melro

17:30 – 17:50

Estratégias de recuperação e salvaguarda do Património histórico-arqueológico de Vouzela (Viseu, Portugal) após os incêndios florestais de outubro de 2017

Manuel Luís Real, António Faustino Carvalho, Catarina Tente,

Daniel de Melo Branco, Luís André Pereira,

Pedro Sobral de Carvalho & Tiago Ramos

17:50 – 18:10

Debate



DIA 3 MAIO

Auditório do Colégio do Espírito Santo (Universidade Évora)


Conferências


9:00 – 9:30

A salvaguarda arqueológica: teoria e prática na Região Centro

Gertrudes Branco


Comunicações – SESSÕES III e IV


9:40 – 10:00

Arqueologia de Salvaguarda em Monforte

Paula Morgado

10:00 – 10:20

La combinación de la investigación con la protección del patrimonio arqueológico rural en la provincia de Salamanca: el caso de Los Villares (Fresno Alhándiga, Salamanca)

Mª de los Reyes de Soto García & Verónica Pérez de Dios

10:20 – 10:40

L’archéologie hydraulique romaine de Bejaia (Algérie), un patrimoine en perte de transition

Souad Laoues, Nassereddine Attari & Stéphane Mauné

10:40 – 11:00

Estudos de Impacte Patrimonial e reconversões agrícolas: base estratégica para uma sustentável minimização de impactes

Miguel Lago & Tiago do Pereiro

11:00 – 11:20

Pausa para café


11:20 – 11:40

Identification et restitution d’un segment de l’aqueduc de la rive gauche de la Soummam

Mohamed Dahli & Kaci Mebarek

11:40 – 12:00

L’Aqueduc de la tribu de Fénaia, un patrimoine archéologique en péril

Mohamed Dahli & S. Laoues

12:00 – 12:20

Oliveira de Azeméis: Gestão de uma Carta de Salvaguardas Patrimoniais e de um projeto de investigação sobre a ocupação do território (POVOAZ)

João Tiago Tavares & Adriaan de Man

12:20 – 12:40

A gestão de espólios arqueológicos no Algarve. Reflexão sobre o seu propósito na actividade arqueológica de salvaguarda

Grupo de Arqueologia da Rede de Museus do Algarve

12:40 – 13:00

A Antropologia Biológica nos Açores: gestão e estudo de coleções osteológicas

Joana Camacho & José Luís Neto

13:00 – 13-20


13:20 – 13:30

Debate

13:30

Sessão de encerramento


SESSÃO POSTER

  • Acompanhamento: o Cadavre Exquis da prática arqueológica (portuguesa), Gabriel Pereira, Mauro Correia & Gustavo Santos

  • Resultados preliminares do acompanhamento arqueológico da obra de conservação da Capela de Nossa Senhora de Entre Águas, Ana Cristina Ribeiro

  • Mosteiro de São Bento de Avis: da intervenção preventiva ao programa de estudo e valorização de fracção monástica, Ana Cristina Ribeiro

  • Minimizando impactos. Tavira Verde 2012/2014, Jaquelina Covaneiro & Sandra Cavaco

  • Monitorização dos sítios arqueológicos afetados pelos incêndios de 2017 na região de Lisboa e Vale do Tejo, Filipa Bragança, Gertrudes Zambujo & Sandra Lourenço

categorías / tags / categorie

Fasti Congressuum is licensed under a Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional License
© 2014 by Fasti Congressuum. Proudly created by M. Cristina de la Escosura