Send your Call or Congress to fasticongressuum@gmail.com

CALL. 30.09.2019 [SESSION 1]: Da economia à identidade: discursos arqueológicos sobre o consumo, do


go to CONGRESS

FECHA LÍMITE/DEADLINE/SCADENZA: 30/09/2019

FECHA CONGRESO/CONGRESS DATE/DATA CONGRESSO: 13-14-15/02/2020

LUGAR/LOCATION/LUOGO: Faculdade de letras (Lisboa, Portugal)

ORGANIZADOR/ORGANIZER/ORGANIZZATORE: UNIARQ – Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa; Associação dos Arqueólogos Portuguese – Museu Arqueológico do Carmo; JAS Arqueología

INFO: web - tagiberico@gmail.com - franciscojbgomes@gmail.com

CALL:

«What was once a natural act becomes a social act entangled in history and politics, open to law and regulation, helping to define what it is to be human.» (J. Storey, Theories of Consumption, 2017, p. 3. Londres: Routledge).



Desde os finais da década de 1970 a análise do consumo conheceu um desenvolvimento considerável no âmbito das Ciências Sociais. A visão tradicional, economicista, foi progressivamente substituída por leituras mais complexas que identificam o consumo como um fenómeno sociocultural com implicações na construção e representação da ordem social e das identidades individuais e colectivas. O impacto dessa renovação teórica na Arqueologia foi contudo reduzido, facto surpreendente considerando a sua relação com a cultura material e as virtualidades dos seus métodos analíticos para a delimitação de padrões e estratégias de consumo.


Com esta sessão pretende-se, por um lado, debater as formas como o consumo foi abordado, pensado e teorizado no âmbito da Arqueologia peninsular, enfatizando as possíveis razões para a escassa penetração de novos modelos conceptuais e interpretativos no âmbito do discurso arqueológico. Por outro lado, pretende-se lançar uma reflexão colectiva sobre os possíveis caminhos teóricos e metodológicos para o desenvolvimento de uma Arqueologia do Consumo, debatendo as formas e os modos de superar uma visão mais tradicional fortemente marcada pela análise económica e as novas abordagens focadas no consumo enquanto prática social e cultural activa intimamente relacionada com a construção e representação da(s) identidade(s).


Assim, no âmbito desta sessão terão lugar quaisquer contributos que pretendam reflectir sobre as formas teóricas e metodológicas de abordar e interpretar padrões e estratégias de consumo concretos através do registo arqueológico, independentemente do contexto cronológico ou cultural a abordar.


As perspectivas interdisciplinares, focadas no impacto dos métodos analíticos e da Arqueometria na reconstrução das lógicas e práticas de consumo, serão igualmente bem-vindas nesta discussão.


categorías / tags / categorie

Fasti Congressuum is licensed under a Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional License
© 2014 by Fasti Congressuum. Proudly created by M. Cristina de la Escosura